• Equipe Artistas Latinas

Arte e mercado: Onde estão as mulheres artistas no mercado de arte?

As mulheres artistas estão ocupando o mercado, mas não possuem ainda proporcionalidade no acesso


Espacio disponible (1992), obra da artista argentina Liliana Maresca

É crescente a participação das mulheres nas feiras e eventos do mercado de arte, figurando até nas obras mais caras nos salões de venda ou leilões, mas por que elas ainda são poucas?


As feiras de arte ainda trazem em suas paredes um número proporcionalmente menor de mulheres artistas. Entretanto, esses dados não se limitam apenas a esses eventos: a reavaliação dos acervos de grandes instituições, com o incentivo para inclusão de mulheres artistas, é uma movimentação importante que tem acontecido nos últimos anos, mas tem avançado a pequenos passos. Além disso, a venda para essas instituições não garante que a artista será exposta, tendo grande visibilidade. Na maioria das vezes, acaba sendo colocada em reserva técnica, participando de exposições pontuais.


Diversos nomes tem despontado no mercado nacional, apresentando produções diversas e potentes. Mas, em um país composto por 51,8% de mulheres, porque elas só representam 1/3 das artistas expostas para venda?


Se olharmos os grandes nomes brasileiros nas vendas internacionais, veremos que, entre eles, figuram mulheres como Lygia Clark, Adriana Varejão, Tarsila do Amaral e Beatriz Milhazes. Segundo a professora Ana Paula Simioni, “A partir do ano 2000, as mulheres têm apresentado uma representatividade em acervos e visibilidade no mercado em torno de 22%. Mas não tem sido um progresso linear e constante. E apesar da maior inserção, elas ainda ocupam uma posição minoritária no mercado internacional”.


Para ilustrar esse post, aprofundando essa reflexão, trouxemos a imagem da obra Espacio Disponible (1992) da artista Argentina Liliana Maresca, que cria uma instalação para oferecer o espaço ofertado a ela para ser ocupado por outras pessoas.


Quer conhecer mais sobre arte e mercado? Fiquem ligadas que, toda sexta feira, teremos pílulas sobre arte e mercado de arte na América Latina, com conteúdo especial feito pra vocês!


Sigam a @nanoartmarket e o @artistaslatinas para saber mais!


#conhecendocomanano #artistaslatinas #art #arte #LilianaMaresca #Mulheresartistas #Mujeresartistas #Womenartists

6 visualizações0 comentário