• Equipe Artistas Latinas

Exposição reúne trabalhos de artistas visuais mulheres do DF e Entorno


No aniversário de Brasília, Infinu recebe obras selecionadas pelo projeto Baleia com possibilidade de visita e compra de obras online


Para celebrar o aniversário de Brasília, será inaugurada, no dia 21 de abril, a exposição Baleia – Mulheres nas Artes Visuais do DF e Entorno na Infinu Comunidade Criativa (506 sul). A mostra reúne o trabalho de 52 artistas selecionadas pelo projeto Baleia, que divulga, publica e premia mulheres. A visitação presencial será permitida com apenas duas pessoas por vez, seguindo todos os protocolos de segurança, de terça a domingo, das 11h às 21h, até o dia 21 de julho. Não é necessário agendamento prévio. As visitas online podem ser feitas através do instagram do projeto com transmissões ao vivo e compras via PIX: ou seja, o público pode ter a experiência completa sem sair de casa.

"Receber a exposição de tantas mulheres aqui no Infinu é um orgulho, ainda mais de artistas do DF e entorno no aniversário de Brasília. É um respiro ver uma produção dessas", celebra Maiene Horbylon, coordenadora do espaço. Há obras originais, reproduções, pinturas, colagens, desenhos, fotografias, sobre três temas: O Tempo Circular, Heranças Deslembradas e Diante do Espelho – temas das três últimas seletivas públicas e gratuitas realizadas pela Baleia. Reunimos trabalhos de artistas consagradas por prêmios nacionais e grandes exposições mas também de artistas em formação, apresentando assim um mapeamento diverso e representativo.

“Nosso objetivo é continuar valorizando o trabalho dessas mulheres e incentivar a venda das obras. Sabemos o quanto este momento de pandemia está sendo complexo para artistas independentes”, explica Beatriz Chaves, coordenadora geral do projeto. As obras estarão à venda a preços variáveis, para todos os públicos, entre R$38 a R$9.800, com entrega para todo o Brasil.

Lara Abreu, vencedora da votação popular do terceiro ciclo da Baleia, explica a importância de participar do projeto e da exposição neste momento: “A visibilidade dada a mulheres do DF e do entorno me impulsiona a investir no que realmente tem sentido para mim. O nosso lugar é necessário e projetos como o Baleia germinam as sementes do nosso trabalho, para que todos nós possamos colher o fruto do que é a arte”.


O que é a Baleia?

Baleia é um projeto cultural de mapeamento, divulgação, publicação e premiação de artistas visuais mulheres do DF e Entorno. Entre 2020 e 2021, foram realizadas quatro convocatórias públicas e gratuitas sobre os temas: O Tempo Circular, Heranças Deslembradas, Diante do Espelho, e a quarta, ainda aberta, Futuros Possíveis. Em cada uma delas, uma curadora definiu um tema e selecionou, a partir das inscrições, 20 trabalhos que deram origem a uma publicação impressa em formato de zine, que foi distribuída gratuitamente em todo o DF. Dentre os trabalhos selecionados, é realizada uma votação popular online para definir a ganhadora de um prêmio em dinheiro em cada ciclo no valor de R$1 mil reais. As três primeiras edições da zine já estão disponíveis em nosso site. A quarta seletiva recebe inscrições até o dia 29 de abril. O projeto BALEIA é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC-DF). Essa exposição é um desdobramento posterior do projeto inicial e sua realização não conta com recursos do FAC-DF.

O que é a Infinu?

Infinu é uma comunidade criativa com sede na W3 Sul. O espaço contempla múltiplos universos: arte, moda, cultura, música, inovação, audiovisual, educação, meio-ambiente e empreendedorismo, com a missão de disseminar o desenvolvimento de uma cultura original e orgânica dentro de nossa capital, passeando por conceitos que permeiam o colaborativo, compartilhado, competitivo e sustentável.


Serviço

Exposição Baleia – Mulheres nas Artes Visuais do DF e Entorno

Onde: Infinu Comunidade Criativa (506 sul) e redes sociais da Baleia (Instagram e Facebook: /baleiadf)

Visitação: de 21 de abril a 21 de julho de 2021, de terça a domingo, das 11h às 21h, apenas duas pessoas por vez no espaço disponível para as obras. Não é necessário agendamento. Recomendamos conferir o horário de funcionamento nas redes da infinu antes de sair de casa (instagram.com/infinubsb)

Mais informações: www.instagram.com/baleiadf


// Ficha técnica

Ciclo #1 | O Tempo Circular | Curadora Cinara Barbosa

Ciclo #2 | Heranças Deslembradas | Curadora Luisa Günther

Ciclo #3 | Diante do Espelho | Curadora Raquel Pellicano


COORDENADORA GERAL | Beatriz Chaves

DIRETORA ARTÍSTICA | Elisa Freitas

PRODUTORA EXECUTIVA | Beatriz Ramos

ASSESSORA DE COMUNICAÇÃO | Joceline Gomes

IDENTIDADE VISUAL | Raquel Câmara

WEBDESIGNER | Estúdio Cajuína | Flora Egécia e Bianca Novais

CONTADORA | Bruna Lopes


ARTISTAS

CICLO #1 | Ana Luíza Meneses | Bernadete Panizza | Clarice Gonçalves | Coletivo Matriz | Fabiane de Souza | Júlia Mazzoni | Julia Tuler | Juliana Uepa | Letícia Miranda | Lua Cavalcante | Luciana Melo | Ludmila Lima de Morais | Mari Velasco | Mariana Amaral | Samantha Canovas | Sofia Rodrigues Barbosa | Tainá Xavier

CICLO #2 | Alexandra Martins | Ana Gulart | Brixx Furtado | Dani Furtado | Cássia Olivier | Fernanda Alpino | Gisele Lima | Karol Carvalho | Laura Dorneles do Amaral | Lílian Saeko | Michelle Bastos | Mille Montenegro | Rafaela Kalaffa | Raíssa Vilela | TNHA | Ravena Fontenele

CICLO #3 | Anace Lima | Ana Flora Bavaresco Gomes | Ana Lídia | Brenda Lee | Diana Salu | Fernanda Pacca | Gabriela Garavelli | Joana Amaral | Lara Abreu | Larissa do Vale | Luda Aquareluda | Manu Dib |Marta Mencarini | Naiara Pontes | Raquel Nava | Tatiana Reis | Tércia Paiva | Usha Velasco | Yandra Ramos Braga




--------

por

Alexandra Martins

https://cargocollective.com/alexandramartinscosta

https://www.instagram.com/naotenhomilamigos/


Sobre a autora

Alexandra Martins nasceu em Brasília e já morou em Fortaleza, Juazeiro do Norte e Salvador. Artista interdisciplinar, Investiga memórias, ancestralidades e identidades nas criações artística de performance, instalação, fotografia e vídeo. Mestra em Estudos de Gênero e Mulheres pela UFBA. Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança pela mesma instituição. Especialista em Artes Visuais pelo SENAC-DF. Graduada em Comunicação, Jornalismo. Integrou o Grupo de Pesquisa em Performance Corpos Informáticos (UnB) e fez parte da coletiva Tete a Teta. Também fez parte da Feminaria Musical, Grupo de Pesquisa em Experimentos Sonoros (UFBA). Teve trabalhos selecionadas para apresentar no Tubo de Ensaio (Brasília); Performance Corpo e Política (Brasília); Lacuna: Mostra de Videoarte (Brasília); Ruído. Gesto - Ação e Performance (Rio Grande do Sul); Festival de Fotografia de Porto Alegre; II Mostra de Arte e Gênero (Florianópolis); Continuum: Festival de Arte e Tecnologia (Recife); Encuentro de Acción en Vivo y Diferido (Colômbia) e no Hemispheric Institute of Performance and Politics (México). Participou das seguintes residências artísticas pelo Nordeste: Corpo em Casa (Salvador) e Sala Vazia (Fortaleza).




192 visualizações0 comentário