Aline Baiana

BRASIL

1985

Nascida em 1985 em Salvador, Bahia, Brasil, Aline Baiana atualmente vive e trabalha entre o Rio de Janeiro e Berlim.
Trabalhando com foco em conflitos ontológicos e em convergência com estudos indígenas, feministas, raciais, ambientais e de justiça social, o trabalho de Aline Baiana revela a importância de descobrir outras histórias, dentro e contra os poderes hegemônicos do domínio colonial.
O trabalho de Baiana já foi exibido em várias exposições e festivais de cinema, incluindo a exposição Flutuantes no Paço Imperial, Rio de Janeiro (2018); Nanica, nos espaços Bull Station, São Paulo e Saracura, Rio de Janeiro (2017-2018); Bestiário no Centro Cultural São Paulo (CCSP) (2017); Mostra Corpos da Terra na Caixa Cultural, Rio de Janeiro (2017); Da urgência de cada um no Largo das Artes, Rio de Janeiro (2016); Feminismo e Feijoada, no Capacete, Rio de Janeiro (2015); Stains in te cowshed, no Neu West Berlin (2015); Novas Poéticas, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (2014) e IV Jardim Suspenso da Babilônia no Rio de Janeiro (2014). Em 2014 participou da Bienal de Sharjah e em 2020 participa da Bienal de Berlim.
Baiana organizou e moderou uma palestra com mulheres indígenas na Mostra Corpos da Terra na Caixa Cultural, Rio de Janeiro (2017). Ela também foi co organizadora de duas edições de eventos do Abril Indígena, que faz parte da mobilização nacional anual pelos direitos dos povos Indígenas no Brasil (2016-2017), e produtora assistente do Filmambiente, Festival Internacional de Cinema Ambiental, Rio de janeiro (2013-2016).
É bacharel em Cinema pela Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro (2010) e possui MBA em Gestão Ambiental pela Escola Politécnica da UFRJ, Rio de Janeiro (2012). Ela também participou da formação Práticas Artísticas Contemporâneas (PAC), na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro (2016).

Fonte:

Jannah Dam or The second murder of Adonis

Jannah Dam or The second murder of Adonis

(2019)

Alliance for a sunny world of the Rainbow Serpent flows in rivers

Alliance for a sunny world of the Rainbow Serpent flows in rivers

(2019)

Alliance for a sunny world of the Rainbow Serpent flows in rivers

Alliance for a sunny world of the Rainbow Serpent flows in rivers

(2019)

Trabalho da artista na Bienal de Sharjah

Trabalho da artista na Bienal de Sharjah

Viista área das obras Alliance for a sunny world of the Rainbow Serpent flows in rivers e Jannah Dam or The second murder of Adonis (2019)

Algazarra, ou o quanto precisamos mudar para conjurar o fim do mundo

Algazarra, ou o quanto precisamos mudar para conjurar o fim do mundo

( 2017)

Stencil no viaduto Paulo de Frontin

Stencil no viaduto Paulo de Frontin

registro do fotojornalista Ellan Lustosa (2015)

LINKS ÚTEIS:

Apoio:

© 2020 por Artistas Latinas

Site desenvolvido por Revés Produções

Esse é um projeto sem fins lucrativos

Políticas do Site

MDWDM-logo-large-1.png
UM TETO SEU VAZADO.png
REVÉS_VAZADO.png
HISTÓRIA_DA_PARTE_VAZADO.png

Realização:

Patrocínio:

Nós respeitamos a liberdade de expressão e advertimos que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.

  • Instagram - Black Circle