Dóris Salcedo

COLOMBIA

1958

Doris Salcedo (nascida em 1958 em Bogotá, Colômbia) é uma artista plástica e escultora
nascida na Colômbia. Após concluir o bacharelado em Belas Artes na Universidade de Bogotá, em 1980, viajou para Nova York, onde concluiu seu mestrado na Universidade de Nova York. Em seguida, retornou a Bogotá e tornou-se professora na Universidade Nacional da Colômbia.
Seu trabalho é influenciado por suas experiências de vida na Colômbia e geralmente é composto por itens comuns, como móveis de madeira, roupas, concreto, grama e pétalas de rosa. O trabalho de Salcedo dá forma à dor, trauma e perda, enquanto cria espaço para o luto individual e coletivo.
Esses temas decorrem de sua própria história pessoal. Membros de sua própria família estavam entre as muitas pessoas que desapareceram na Colômbia politicamente problemática. Grande parte de seu trabalho lida com o fato de que, embora a morte de um ente querido possa ser lamentada, seu desaparecimento deixa um vazio insuportável. Como exemplos temos Untitled (Sin Título) é o paradoxal título da instalação que Doris Salcedo apresentou, em 2003, na 8ª Bienal de Istambul, e cuja idiossincrasia revela as tendências da produção contemporânea de arte. Uma arte à espera de ser compreendida e cujos espaços em branco são um desafio à capacidade do fruidor menos precavido para a estética da escultora
colombiana. Outro exemplo é a instalação 6 e 7 de noviembre (2002), composta por 280 cadeiras vazias que desciam lentamente a fachada do Palácio de Justiça (a suprema corte colombiana) e que representavam a ausência de alguém que a teria ocupado antes da chacina que resultou da violenta tomada do prédio pelos guerrilheiros do M-19 e da reação do exército e da polícia ao ato. Nela a presença de objetos frequentemente representam ausências. Salcedo vive e trabalha em Bogotá, Colômbia.

Batato

Batato

Óleo sobre tela 1989

Nua

Nua

Óleo sobre Tela 1988

AUTORRETRATO

AUTORRETRATO

Giz e pastel sobre papel 1980

Gustavo Marrone en su atelier

Gustavo Marrone en su atelier

Óleo sobre tela 1988

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

Técnica mista sobre tela 2018

LINKS ÚTEIS:

Fonte: