Layla Werneck

BRASIL

2001

Layla Werneck traz em suas pinturas elementos que constituem relação com as questões acerca do lugar da mulher na sociedade, a forma que é tratada em seus relacionamentos e no âmbito social. Trabalha, também, composições que tragam objetos, elementos e hábitos da periferia. A materialidade das obras caminha entre tintas óleo e acrílica, giz pastel e colagens, e em todas elas as cores dispõem de papéis fundamentais para o entendimento da mensagem, uma vez que em suas obras representam sentimentos e/ou ações. É moradora do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, universitária de Artes Visuais na UERJ, e em 2020 apresentou a exposição “Relatos”, na Casa Bicho, que contou com os relatos escritos por mais de 20 mulheres, além da exposição “Mulheres de Ouro”, que homenageava as mulheres no mês de março, na Câmara Municipal de São Gonçalo.

Batato

Batato

Óleo sobre tela 1989

Nua

Nua

Óleo sobre Tela 1988

AUTORRETRATO

AUTORRETRATO

Giz e pastel sobre papel 1980

Gustavo Marrone en su atelier

Gustavo Marrone en su atelier

Óleo sobre tela 1988

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

Técnica mista sobre tela 2018

LINKS ÚTEIS:

Fonte: