Liliana Maresca

ARGENTINA

1951 - 1994

Nascida em Buenos Aires em 1951, Liliana Maresca estudou na Escuela Nacional de Cerâmica com o pintor Renato Benedetti, o escultor Emilio Renart (1925–1991) e o desenhista Miguel Ángel Bengochea (1945–2015). Ela começou a fazer objetos com materiais encontrados em 1982, tendo em 1983, completou sua série Liliana Maresca com sua obra (Liliana Maresca com seu trabalho), na qual foi fotografada nua pelo artista Marcos López (n.1958). Dois acontecimentos importantes marcam o ano de 1985. Juntamente com Ezequiel Furgiuele, com quem ela formou o Grupo Haga, Maresca fez um cachecol com 30 metros de comprimento, composto por trapos encontrados no bairro de El Once; o trabalho foi intitulado Una bufanda para la ciudad de Buenos Aires (Um cachecol para a cidade de Buenos Aires). Sempre optando por mostrar suas esculturas e instalações em ambientes não convencionais e com materiais inesperados, Maresca organizou o grupo de mostrar Lavarte em uma lavanderia. Considerada a "comunicadora cultural dos anos 80" por sua colega Marcia Schvartz (n. 1955), Maresca criou esculturas e instalações que se libertavam de qualquer senso de preciosidade. Em 1990, o artista apresentou a instalação Recolecta (Collects), que teve como tema principal um carrinho de compras como os empurrados por vagabundos nas ruas da cidade. Ela também fez réplicas do carrinho, que chamou de "símbolo nacional". Pintados de branco ou dourado e prateado, os carros foram feitos para criticar o sofrimento dos marginalizados socialmente.
Seu trabalho mais conceitual ocorreu em 1992, com a instalação Espacio disponible (Espaço disponível) no Centro Cultural Recoleta. Maresca colocou uma placa anunciando a disponibilidade do espaço "para qualquer finalidade" e incluiu seu nome e número de telefone e duas datas. Poucos meses depois, e com a ajuda de colegas, Maresca publicou no El Libertino catorze fotografias de si mesma sob um título sugerindo uma conexão com o anúncio que ela havia apresentado anteriormente e novamente incluindo seu nome e número de telefone. Ambas as obras revelaram seu interesse pela performatividade da linguagem da publicidade e pelas expectativas colocadas no artista como criador de objetos e fantasias.
Maresca morreu de complicações derivadas da AIDS em 1994, apenas alguns dias após a abertura de sua retrospectiva no Centro Cultural Recoleta, em Buenos Aires.

Batato

Batato

Óleo sobre tela 1989

Nua

Nua

Óleo sobre Tela 1988

AUTORRETRATO

AUTORRETRATO

Giz e pastel sobre papel 1980

Gustavo Marrone en su atelier

Gustavo Marrone en su atelier

Óleo sobre tela 1988

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

Técnica mista sobre tela 2018

LINKS ÚTEIS:

Fonte: