Luíza Baldan

BRASIL

1980

Luiza Baldan é doutora e mestra em Linguagens Visuais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (BR 2020/2010), e bacharel em Artes Visuais pela Florida International University (EUA, 2002). Desde 2000, além do trabalho como artista, colabora com instituições de arte e espaços independentes como professora, produtora e curadora. Algumas das exposições individuais que realizou: "Estofo", Galeria Anita Schwartz (BR, 2017); "Perabé", Finalista Prêmio Pipa, MAM Rio (BR, 2016) e Centro Cultural São Paulo (BR, 2015); "Build Up", MdM Gallery, (FR, 2014); "Índice", MAM Rio (BR, 2013). Algumas coletivas: “Terra em tempos: fotografias do Brasil”, MAM Rio (BR, 2022); “Schlange” (Sensing the city - Sense of the city), Projektraum Zwitschermaschine Berlin (ALE, 2022); 17. Mostra Internazionale di Architettura, Participazioni Nazionali (Brasile), La Bienalle di Venezia (IT, 2021); Bienal de Fotografia de Vila Franca de Xira (PT, 2021). Alguns prêmios: Stipendium-Sonderprogramm, Senatsverwaltung für Kultur und Europa (ALE, 2020); Viva Arte! SMC RJ (BR, 2015); XI Prêmio Marc Ferrez de Fotografia da Funarte (BR, 2010). Desenvolveu o projeto “Monumentalidade como Coletividade” para a publicação "O MASP de Lina: 50 anos do edifício na Avenida Paulista" (BR, 2018) e participou do Clube de Colecionadores de Fotografia do MAM-SP (BR, 2016). Publicou os livros "Derivadores" (com Jonas Arrabal) em 2016 e "São Casas" em 2012. Atualmente vive entre Portugal e Brasil.

Batato

Batato

Óleo sobre tela 1989

Nua

Nua

Óleo sobre Tela 1988

AUTORRETRATO

AUTORRETRATO

Giz e pastel sobre papel 1980

Gustavo Marrone en su atelier

Gustavo Marrone en su atelier

Óleo sobre tela 1988

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

Técnica mista sobre tela 2018

LINKS ÚTEIS:

Fonte: