Paz Errázuriz

CHILE

1944

Paz Errázuriz é uma fotógrafa chilena nascida em 2 de Fevereiro de 1944 em Santiago. Com atuação marcante durante a ditadura militar chilena de Augusto Pinochet, foi cofundadora do AFI (Associação de Fotógrafos Independentes) e produziu uma série de fotografias que criticavam o regime vigente.
É formada em educação pela University of Cambridge, em 1966, e pela Universidad Católica de Chile em 1972. Após a instauração do golpe militar, Paz foi obrigada a parar de dar aulas, passando a se dedicar a fotografia. A artista decidiu permanecer no país apesar do autoritarismo, mas para isso sentiu necessidade de se impor política e socialmente. Assim, como forma de resistência, passou a fazer fotografias de fotojornalismo por Santiago, entre os intervalos dos toques de recolher. Seu interesse estava nos campos marginalizados pela sociedade. Foi nesta época que surgiu a série Dormidos, em que fotografou pessoas dormindo pelas ruas da cidade. Para Paz, faltava ao Chile movimentos de resistência e “via Santiago como uma cidade adormecida, que não reagia aos militares”.
Seu trabalho foi exibido no Chile e destacou internacionalmente sua exposição Réplicas y Sombras na sala Fundación Telefónica em Santiago 2004, na Bienal de Veneza 2015 e a retrospectiva Adentro-Afuera na Mapfre Foundation em Madri 2015-2016, também exibida em Arles, França, no Museu Amparo em Puebla, México e no Museu Nacional de Belas Artes, Chile, em 2018.
Colaboradora da revista Apsi e de várias agências de imprensa, recebeu as bolsas Guggenheim (1986), Fundación Andes (1990), Fulbright (1992) e Fondart (1994, 2009 e 2018). Recebeu o Prêmio Ansel Adams, concedido pelo Instituto Norte-Americano de Cultura do Chile, em 1995, o Prêmio do Caminho Artístico do Círculo de Críticos de Arte do Chile em 2005 e o Prêmio Altazor em 2005. Em 2014, recebeu o prêmio Ordem de Mérito Pablo Neruda e o Prêmio PhotoEspaña em 2015. Em 2017, ele recebeu o Prêmio Nacional de Artes Plásticas.
Seu trabalho está nas coleções Daros, na Tate Gallery em Londres, no MoMA em NY e nos museus Guggenheim e National Museums of Fine Arts no Chile.

Fonte:

Evelyn, La Palmera, Santiago (série La Manzana de Adán)

Evelyn, La Palmera, Santiago (série La Manzana de Adán)

Fotografia (1983)

I (série Os adormecidos)

I (série Os adormecidos)

Fotografia (1979)

Mujeres por la vida (série Protestos)

Mujeres por la vida (série Protestos)

Fotografia (1989)

Acarena (série La Manzana de Adán)

Acarena (série La Manzana de Adán)

Fotografia (1987)

LINKS ÚTEIS:

Apoio:

© 2020 por Artistas Latinas

Site desenvolvido por Revés Produções

Esse é um projeto sem fins lucrativos

Políticas do Site

MDWDM-logo-large-1.png
UM TETO SEU VAZADO.png
REVÉS_VAZADO.png
HISTÓRIA_DA_PARTE_VAZADO.png

Realização:

Patrocínio:

Nós respeitamos a liberdade de expressão e advertimos que algumas imagens de trabalhos publicadas nesse site podem ser consideradas inadequadas para menores de 18 anos.

  • Instagram - Black Circle