Ruana Negri

BRASIL

1991

Ruana Negri (São Paulo - SP) é bacharel em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, fez parte do grupo de estudos em litografia no Museu Lasar Segall e participou de variados cursos nas áreas científica, artística e de saúde e bem-estar.
A linha de pesquisa da artista tem como foco a natureza, a ciência e o imaginário, saberes que juntos podem mostrar caminhos místicos. São estranhamentos, mistérios, descobertas, detalhes e afetos os disparadores de suas criações, envolvendo principalmente o desenho, os processos de reprodução, a fotografia, a apropriação e o deslocamento de objetos e elementos do cotidiano.
Sua poética é multidisciplinar e é formada por seres oníricos, esquemas, coletas e coleções, registros, memórias e afetos. Combina elementos de sua coleção particular, imagens, objetos e informações tiradas de um universo científico junto de fenômenos oníricos e situações biográficas. Variações que se unem em uma espécie de Gabinete de Curiosidades.
Desde 2010 a artista tem exposto com regularidade pelo Brasil, também participou de exposições na Argentina, no Canadá e possui obras de arte em acervo público. Participou do programa de Residência Artística no vale do Ribeira e expos por diversas cidades do litoral sul de São Paulo.
Também atua como ilustradora e designer, estudou Design Editorial no SENAC e desenvolveu diversos trabalhos e projetos em diferentes seguimentos, como criação de conteúdo para a Exposição Leonardo da Vinci, no MIS (durante o período de quarentena), ilustrações para a série “Escola de Gênios” do canal Gloob e a arte gráfica da Cumbia Calavera, grupo latinoamericano onde também atua como percussionista. Participou como ilustradora do Projeto “Voz da Leste”, aprovado pelo VAI, Mídia voltada às ações culturais, políticas, históricas e patrimoniais das Periferias, com enfoque da região leste de São Paulo. Na arte educação desenvolveu trabalhos em diversas Instituições Culturais como SESC, Bienal, Itaú Cultural, FILE, Instituto Lina Bo e P.M. Bardi, MIS e MAB FAAP.

Batato

Batato

Óleo sobre tela 1989

Nua

Nua

Óleo sobre Tela 1988

AUTORRETRATO

AUTORRETRATO

Giz e pastel sobre papel 1980

Gustavo Marrone en su atelier

Gustavo Marrone en su atelier

Óleo sobre tela 1988

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

El psicoanálisis con rabia roía el cráneo por dentro y por fuera

Técnica mista sobre tela 2018

LINKS ÚTEIS:

Fonte: