• Equipe Artistas Latinas

Arte e mercado: Qual o lugar das mulheres no NFT?

Mercado virtual que nasce como democrático ainda tem resquício do tradicionalismo


O que são NFTs?

Cena Rosa da artista Caroline Valansi | Créditos: acervo da artista

Os NFTs ou Non-Fungible Tokens (tokens não fungíveis) se tornaram uma tendência no mercado da arte, ganhado cada vez mais admiradores e provando como arte e tecnologia tem andado cada vez mais de mãos dadas. As obras são negociadas em criptomoedas (moedas digitais) e possuem um certificado de autenticidade digital registrado, garantindo que o comprador detenha a propriedade exclusiva deste bem.


E as mulheres artistas no mercado?


Segundo levantamento realizado pela revista Forbes, "as mulheres representam apenas 16% do mercado de arte NFT. Apesar das alegações de que o metaverso pretende aumentar a diversidade e se tornar um ambiente mais inclusivo, as únicas mulheres conhecidas na lista dos 10 melhores artistas de NFT de todos os tempos são Nadia Squarci e Monica Rizzolli." Ainda segundo a Forbes, "As mulheres representam apenas 4% do total de vendas de NFTs globalmente desde fevereiro de 2020".





Em terras brasileiras, temos artistas como Caroline Valansi (@caroline_valansi), Gretta Sarfaty

(@grettasarfaty), ambas representadas pela @tropix.io, Renata Lacerda (@ilustracao_infinita e @@renata_lacerda_eu) e Ana Virgínia, ambas da @nanoartmarket que estão se dedicando nessa nova linguagem. Todas estão criando e vendendo obras nesse formato, abrindo portas para que outras mulheres possam se aventurar no mercado digital.


Para ilustrar o post, trouxemos as obras Enlace I, da artista Gretta Sarfaty e Cena Rosa da artista Caroline Valansi. Enquanto Sarfaty traz uma performance de 1978, reeditada como série fotográfica em 2021, estabelecendo um jogo simbólico que sugere tensão sexual, mas também opressão e violência, Valansi rasga imagens tiradas de sites pornôs, saindo da normatividade das relações pornográficas para imagens distorcidas que criam outros erotismos fora da forma.


Quer conhecer mais sobre arte e mercado? Fiquem ligadas que, toda sexta feira, teremos pílulas sobre arte e mercado de arte na América Latina, com conteúdo especial feito pra vocês!


Sigam a @nanoartmarket e o @artistaslatinas para saber mais!

#conhecendocomanano#artistaslatinas#art#arte#Mulheresartistas#Mujeresartistas

5 visualizações0 comentário